Interaction Cubes

Projeto bem interessante desenvolvido para o Museu da Vida, da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), no Rio de Janeiro.

A partir de elementos ordinários como cubos de acrílico (usados normalmente como porta-retratos), uma webcam, um monitor e um programa de leitura de QR-Code, foi possível montar uma “tabela periódica interativa”.

O que mais me encantou nesse projeto foi justamente a possibilidade de interação “física” com a tabela. Uma solução semelhante poderia ter sido desenvolvida em Flash, por exemplo, gerando uma interface para manipulação direta no computador, ou via web, sem qualquer aparato além dos conhecidos mouse/teclado. Mas o charme do projeto é justamente essa possibilidade de interagir com a tabela, manipular os blocos, os elementos são tangíveis. Ao mesmo tempo, há uma interface computacional para acesso ao acervo de vídeos, mas de maneira simples, transparente. A computação esta lá, mas sem aquela interface do tipo ‘desktop’.

Com a interação física, as posições dos elementos da tabela ficam mais evidentes. O corpo inteiro se move para pegar um bloco mais ao alto e a direita. Na tela do computador, só os dedos se movem, arrastando o mouse. A interface física fornece mais informação ao corpo.

Parabéns a equipe responsável pelo projeto: Mariana Duprat, Diego Queres, Fábio Castro Gouveia, Lucas Brazil Sousa, Paula Barja, Priscila Freire, Rita Alcantara, Sílvio Bento, Ana Maria Palma, Catarina Chagas, Diego Vaz Bevilaqua, Marina Ramalho, Carolina Senra, Diego Vaz Bevilaqua, Renan Alves.

Em tempo: o projeto concorre ao prêmio Interaction Awards, vale conferir e dar uma força.

Publicado em projetos, vídeos por mauro pinheiro. Marque Link Permanente.

Sobre mauro pinheiro

Professor adjunto do Departamento de Desenho Industrial da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), coordenador do Laboratório de Psicologia da Computação (LabPC). Minhas pesquisas acadêmicas tratam dos seguintes assuntos: design de interação, usabilidade, interação homem-computador, ubiquidade computacional, computação pervasiva, design da experiência, design da informação, questões sociais do uso de sistemas computacionais.

Uma ideia sobre “Interaction Cubes

  1. Ola Mauro Pinheiro, cheguei no seu site via Google e queria adicionar dois comentários. Estamos todos radiantes pois ganhamos o prêmio em nossa categoria (engaging) e também o de juri popular (people´s choice). E fizemos também uma versão em flash para permitir que as pessoas pudessem interagir com a tabela (www.invivo.fiocruz.br/tabela). Mas realmente o objetivo era fazer a tabela “física”. A versão em flash veio depois. Obrigado pelo apoio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>